Pesquisa
Filtros
Fechar
RSS

Blog marcado com 'intel'

Conheça a Gigabyte AORUS Gaming

Recebemos na terça feira um treinamento da Gigabyte sobre a nova linha de placas mães de soquete X299. Mas iremos falar sobre as duas novas linhas Premium da companhia: X299 Aorus Gaming e X399 Aorus Gaming.

Ambas linhas são compostas por placas robustas voltadas para o publico gamer. Elas são equipadas o RGB Fusion com Digital LEDs que permite o controle da iluminação da placa de acordo com a preferencia do usuário, tanto através do software RGB Fusion no PC quanto pelo RGB Fusion APP disponível para Smartphone além suportar conexão de fita de LED externa.

click-1

Possuem o Smart Fan 5 que entre outras funções permite a verificação da temperatura da placa mãe permitindo focar a ventilação nos locais em que o usuário perceber que mais estiverem esquentando.

As placas AORUS possuem blindagem de aço inoxidável que previne torções e danos físicos, além de evitar qualquer interferência de ESD.

click-6 (1)

A função Killer faz com que o jogo tenha conexão de rede prioriza, então quando se recebe um e-mail por exemplo ele não vai reduzir a internet para atender a essa demanda, a banda será totalmente utilizada na partida, não permitindo assim os tão odiados lags.

mb_killer

Elas também são equipadas com capacitores de áudio banhados a ouro para que a qualidade de áudio seja a de um estúdio e possuem conexão m.2.

A diferença entre as linhas está no soquete, a X299 possui soquete LGA2066 que suporta os processadores Intel Core X e suporta as memórias Optane, já a X399 suporta os processadores AMD Ryzen™ Threadripper.

Fonte: Gigabyte

3D XPoint e Intel® Optane

 

3d XPoint

Em 2015 a Intel juntamente com a Micron, anunciou tecnologia de memória não volátil (NVM) 3D XPoint com promessa de permitir o acesso a grande volumes de dados em questão de nanossegundos.

O armazenamento de bits é baseado em uma mudança de resistência em massa, em conjunto com uma matriz de acesso a dados empilhável com grade cruzada. Essa arquitetura dispensa os transístores usados nas memórias Flash NAND dos SSDs atuais e propicia acesso em pequenos blocos às células, agilizando consideravelmente as operações de escrita e leitura.

3D_XPoint_Die

As células de memória conseguem alterar seu estado muito rapidamente devido as dimensões extremamente reduzidas. Contribuindo para a velocidade da tecnologia 3D XPoint.

As células podem ser empilhadas em várias camadas. De acordo com a Micron, cada die consegue armazenar até 128 gigabits tendo apenas duas camadas. As gerações futuras poderão aumentar ainda mais essa capacidade.

Assista ao vídeo da Micron sobre tecnologia:

Memória Intel® Optane

A memória Intel® Optane™ é um acelerador de sistemas inteligente e adaptável para PCs equipados com a 7ª geração do processador Intel® Core™, e é a tentativa da Intel de oferecer ao consumidor final uma versão acessível da tecnologia 3D Xpoint.

Estão sendo vendidas dois modelos: um com capacidade de 16GB e vendido por US$ 45 e o modelo de 32GB vendido por US$ 77.

Ela funciona como um sistema de cache para o seu drive de armazenamento principal, guardando dados necessários, assim como a RAM pode fazer, mantendo esses dados entre os reinícios.

stoneybeach_beautyangle1_rgb_lr-100702606-large

A promessa do aumento de performance é de até 28% no uso normal do sistema e de até 65% na hora de carregar um jogo.

 

Fontes: MicronIntel

Core X, a nova linha de processadores Intel

 

A Intel anunciou a nova linha de processadores Core X (Skylake-X) que será composta por versões mais potentes dos Core i5 e i7, além de incluir uma nova linha a família, o chamado Core i9.

A nova linha Core i9 é voltada para os consumidores que utilizam software pesados e para o publico gamer. O top de linha conta com 8 núcleos e 36 threads e custa US$ 2.000 (cerca de 6500, em conversão direta).

12-06-2017 (5)

Há também versões de 16 núcleos e 32 threads, 14 núcleos e 28 threads, 12 núcleos e 24 threads e dez núcleos e 20 threads. Essas outras versões custam, respectivamente, US$ 1.700, US$ 1.400, US$ 1.200 e US$ 1.000.

A empresa também anunciou novos Core i7 com mais núcleos do as versões anteriores. Há modelos de oito, seis e quatro núcleos, cada um com o dobro de threads. Há também um novo Core i5 de quatro núcleos e quatro threads.

12-06-2017 (2)

Os Skylake-X têm soquete LGA 2066 e multiplicador destravado para Overclock. Funcionarão com o chipset Intel X299, que suporta memórias Optane (nova memória da Intel com suporte a 3D Xpoint), três SSDs PCIe/NVMe, oito portas SATA e dez USB 3.1 de primeira geração.

A companhia também mostrou um pouco do Coffee Lake, a oitava geração de processadores Core. Ele será lançado no segundo semestre de 2017, e promete ser até 30% mais rápido que os atuais Kaby Lake(7º geração de processadores Intel Core).

 

Fontes: Intelolhardigitaltecmundotechtudo

Show De Lady Gaga No Super Bowl LI Contou Com Drones Da Intel
lady-gaga-drone-1060x598

 

Ontem aconteceu o super Bowl 51, a tradicional final do Campeonato da Liga Nacional de Futebol Americano (NFL). O evento que aconteceu no estadio NRG em Houston, Texas e contou com a surpreendente virada de New England Patriots sobre Atlanta Falcons e foi recheado de comerciais, lançamentos de trailers de filmes e no intervalo com um show da cantora Lady Gaga.

O inicio do show de Gaga contou com 300 drones da Intel, chamados “Estrelas Cadentes”. Eles possuem LEDs que podem criar mais de 4 bilhões de combinações de cores e pesam somente 280 gramas cada.

giphyintelintel-drones-light-show-super-bowl-halftime-designboom-818

O que chama mais atenção nesses drones, no entanto, é seu computador central. Eles são controlados por um conjunto de programas de software para desktop. As rotas são pré-programadas e cada unidade cumpre o seu papel sem a ajuda de hardware, ou seja, cada um deles é pré-programado por um sistema e eles não se comunicam entre si.

intel-shooting-star-4-of-4

Como os dispositivos não possuem sensores, o software determina suas rotas para que eles não colidam durante as manobras. Momentos antes de levantarem voo, o computador verifica o nível de bateria e o sinal de GPS de cada um. Caso um deles pare de funcionar durante a apresentação, uma unidade reserva assume seu lugar em questão de segundos.

Cada drone pode ser montado em menos de 15 minutos, uma vez que não há parafusos em sua construção e tudo se encaixa perfeitamente.

inteldrone-696x391

A demonstração de ontem, porém não aconteceu ao vivo, pois a Administração Federal de Aviação dos EUA proíbe que drones voem dentro de um raio de 55,5 quilômetros do estádio NRG e limita a realização de manobras acrobáticas feitas por essas máquinas acima de milhares de pessoas.

Por este motivo a Intel gravou a apresentação dos drones na semana passada com a introdução da Lady Gaga com as estrelas ao fundo, que mudaram e formaram a bandeira dos EUA e após as logos da Pepsi e da Intel.

As pessoas que estavam no estadio viram as apresentação pelos telões e as pessoas que assistiram pela televisão viram como se fosse em tempo real, sendo possível perceber devido ao corte que acontece quando a cantora pula e aparece descendo para o palco.

A Intel está trabalhando com as “Shooting Star” há 2 anos e desde então a empresa vem executando vários testes, participando de competições. No final de 2016, conseguiu lançar 500 drones ao mesmo tempo, quebrando o recorde mundial para a maior quantidade de drones operados por uma única pessoa.E na Disney World, na Flórida, a companhia fez shows sincronizados com 600 drones durante os últimos meses.

 

Veja a apresentação completa de Lady Gaga no Super Bowl:

Fonte: TechCrunch